terça-feira, 1 de maio de 2012

Por que a sarça não se queima ?

 O que move o mundo não são as respostas mas as perguntas.
Sendo assim moisés movido pela grande visão fez a pergunta, por que a sarça não se queima?
Deus queria falar com moisés pois tinha uma missão para ele. Deus também tem um chamado especial para cada um de nós. Venha entender mais desse chamado perguntando para o seu Deus, por que a sarça não se queima !


Clique e faça download da mensagem

Pb. José Ricardo (Igreja Batista Filadélfia de Coqueiral-ES). 
http://www.facebook.com/pages/Igreja-Batista-Independente-Filad%C3%A9lfia-Coqueiral/334840863222188


segunda-feira, 2 de abril de 2012

Quem é o Bem aventurado

Quem é o Bem aventurado:
A bíblia descreve com propriedade o que é ser bem-aventurado (mais que feliz). No culto de ceia em 01 de abril de 2012, o presbítero Ricardo, da IBI Filadélfia em Coqueiral de Aracruz, esteve ministrando na Igreja sobre as promessas contidas no salmo 128 para você e sua família.  Foi um culto especial, com a apresentação da Isabella de Oliveira, filha do casal Renato e Claudinha.
Mensagem pregada na Igreja Batista Independente Vitória. Deus te abençoe.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Ide, ensinai e Batizai


Realizamos neste domingo, dia 29 de maio, um lindo Culto de Missões, que contou com a participação efetiva de toda igreja.
Tivemos louvor com o ministério de louvor e com o coral das irmãs, teatro, música e dança com as crianças, e poesia.
Destaque também para o "Momento Missionário", apresentando os países em que a CIBI mantém missionários e fotos da Noite do Caldo, cuja renda é totalmente revertida para o financiamento de missões; e para a pregação do Presbítero Ricardo, que explicou sobre a Janela 10 X 40 e a importância do trabalho missionário.
Confira a pregação dessa noite abençoada com o tema IDE, ENSINAI E BATIZAI. Deus te abençoe, e atenda seu chamado.

Igreja Batista Independente Filadélfia de Coqueiral-Aracruz-ES.
Clique para OUVIR a mensagem
Clique e faça download da mensagem

segunda-feira, 6 de junho de 2011

O verdadeiro Amor de Mãe


Não basta ser mãe, é necessário ter "O verdadeiro Amor de Mãe". Essa mensagem foi pregada em comemoração ao mês das mães, com muita festa em nossa igreja. Salientamos que o verdadeiro amor de mãe é fundamental para a nossa sociedade e no corpo de Cristo. Relembramos e demos o reconhecimento pela dedicação destas guerreiras e batalhadoras em favor da vida.

Mãe, Deus te abençoe muito, com saúde, paciência e muitas vitórias em Cristo Jesus.
Presbítero Ricardo,
Igreja Batista Independente Filadélfia de Coqueiral-Aracruz-ES.
Clique para OUVIR a mensagem
Clique e faça download da mensagem

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O que me impede ?

O que me impede?
Um homem que queria Deus mais do que tudo. Com grande esforço o buscou e o encontrou. Deus não podia deixar esse homem ir embora de Jerusalém, sem lhe dar um grande presente.

Ouça essa linda história de como Deus ama e valoriza a alma do homem, a ponto de investir alto em sua vida.


Clique para OUVIR a mensagem

Clique e faça download da mensagem

Presbítero Ricardo Santos, Igreja Batista Independente Filadélfia de Coqueiral de Aracruz-ES
Deus te abençoe.

Retrospectiva de Mensagens-Pb. Ricardo Santos 

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

A "Vitória" de Luciene

Luciene Aparecida Conceição, tem uma história de luta e vitória. O início foi difícil e terrível, mas graças a ousadia de uma médica, ela hoje está viva, para nos dar uma lição de vida.
Venha ouvir esta mensagem, e veja como Deus tem a cura para a maior de nossas doenças, O Pecado.
Seja livre dessa contaminação, aprendendo com a história de Luciene, que é bem parecida com a nossa luta contra esse mal.

Clique para OUVIR a mensagem

Clique e faça download da mensagem

Presbítero Ricardo Santos, Igreja Batista Independente Filadélfia de Coqueiral de Aracruz-ES
Deus te abençoe.

Retrospectiva de Mensagens-Pb. Ricardo Santos 

sábado, 15 de janeiro de 2011

O ano do Jubileu

Perto da meia-noite do dia 31 de Dezembro de 2010, as pessoas esperavam ansiosas o ano novo. Algumas na praia, outras em casa com parentes, outras em clubes. Contagem regressiva, 5,4,3,2,1,.......Feliz ano novo!!
Todos se abraçam, e uma festa começa.
Não sei se para todos, esse "réveillon" foi feliz assim. Pra muitos, o réveillon, foi na cama do hospital, foi nas ruas sem ninguém, foi no quarto escuro da solidão, foi no abrigo do desabrigado, foi o primeiro sem alguem muito especial.
A muito tempo atrás, em Israel, existia um réveillon feliz. Tão feliz que tinha nome feliz, JUBILEU. Jubileu que lembra júbilo, alegria, festa. Sim, o réveillon do ano do Jubileu era fantástico. Havia uma alegria total. Escravos eram libertos, terras que foram vendidas para pagar dívidas, eram devolvidas para seus donos. Ano em que os trabalhadores do campo não precisariam arar a terra, porque Deus dava tanta fartura na agricultura, que eles comiam o ano todo da produção sem plantar um só feijãozinho. Que alegria.
Agora imagine Deus fazendo isso por você?
Deus dando a você um ano de restituição e felicidade?
Porém, se alguém lhe vendeu algo, porque estava endividada, no ano do Jubileu, você devolveria para ela. Mas, mas....sim teria de devolver. Imagine se todas as coisas que você já guanhou tivessem que ser devolvidas aos seus antigos donos? Assim era em Israel.
Deus queria dizer algumas mensagens importantes com esse evento. Mas principalmente, mostrar que nada temos, ou somos de nós mesmos. A terra é dele, as vidas dos escravos e de todos é dele, sua saúde é Ele quem dá, sua comida é Ele quem provê.
Mas Deus não quis somente limitar a Israel este privilégio. Essa alegria pode ser compartilhada e gozada, ainda hoje.
Ouça essa mensagem, e veja como o ano do Júbilo, pode ser decretado em sua vida, e com mais importância e festa do que nos tempos antigos.

O texto base está em LEVÍTICO 25.8-13.
Seja feliz plenamente entendendo o que Deus reservou para você, não só em um ano de 365 dias, mas para sempre.
Clique para OUVIR a mensagem
Clique e faça download da mensagem

Presbítero Ricardo Santos.
Retrospectiva de Mensagens-Pb. Ricardo Santos